Amamentar – parte 1: SMAM 2016

Dia 1° de agosto é o dia mundial da amamentação. Nesse dia, muitas de nós postamos fotos alegres e sorridentes de nossos rebentos mamando no peito, como uma forma de incentivo às nossas amigas e amigos. Lindo, né?

Mas nem sempre a leitura é essa.

Vi alguns blogs com postagens banalizando esse dia e o sucesso alheio, e outros até um pouco “rancorosos”, a respeito das fotos de bebês sendo amamentados.

Ei, pova! Peraí! Não é assim não!

Esse texto simples e despretensioso, é para você, que não conseguiu amamentar e fica frustrada a cada questionamento a respeito.

A gente, quando posta foto feliz da vida, não é pra chafurdar na sua tristeza, não! A gente comemora quando consegue algo que deseja, e divide com as pessoas ao nosso redor. Assim é quando postamos que estamos grávidos, quando viajamos…

A diferença é que amamentar é algo importante, e que muitas vezes não é incentivado nem pelas nossas mães.

Eu, que sou bióloga, tive uma professora na graduação que fez a seguinte declaração:

– Importante mesmo é o colostro. Se o bebê mamar o colostro, depois você pode só dar a mamadeira que está tudo certo. Essas campanhas para incentivar a amamentação são direcionadas para os mais pobres, que não tem dinheiro para comprar as fórmulas.

Sim, amigos da Rede Globo. Eu ouvi isso, sim. E era uma mulher, e era jovem, e tinha filhos.

Agora, se um profissional diz isso pra você – se a sua mãe diz que seu bebê só chora porque está com fome – se a sua avó diz que está calor demais e ele\a deve estar com sede – se o seu companheiro, desesperado com tanto choro da criança e você a reclamar dos peitos que doem (é, doi pra chuchu), se oferece para ir buscar um “leite” na farmácia – se a sua sogra diz que seu leite é fraco, por isso ele\a não ganhou tanto peso este mês – se a propaganda diz que “a fórmula 1” é excelente para os bebês com baixo peso – se quase todas as suas amigas NÃO amamentaram exclusivamente no seio até os 6 meses “e a criança não morreu, está aí, forte, grande, inteligente”…

Me diz, minha gente, que incentivo o mundo nos dá para amamentar exclusivamente até os 6 meses?!?

Existe toda uma cultura de incentivo à aceitação da incapacidade da mulher de gestar, parir e amamentar, que leva a uma falsa ideia de liberdade – quando na verdade, você fica refém de informações desencontradas e equivocadas.

Então, na minha humilde opinião…

TEM QUE TER FOTO NA TIMELINE SIIIM!

TEM QUE TER MAMAÇO SIIIIM!

TEM QUE TER PROPAGANDA COM FAMOSA AMAMENTANDO SIIIIM!

1470187993796599402382
Fonte: site Baby Center Brasil.

E não é para esfregar peito cheio de leite na sua cara. É apenas para mostrar que SIM, é viável, que SIM, existe, que é uma escolha, que não te incapacita para nada, que é possível ser feliz amamentando e não te impede de trabalhar, estudar, sair, passear…

Embora eu saiba que nem tudo são flores no processo de amamentar, e mesmo tendo cometido muitos erros na amamentação das minhas filhas, eu apoio e divulgo esse conceito.

Na próxima postagem, vou falar de como foi a minha experiência de amamentação (antes, durante e depois) com cada uma das minhas pequenas.

E eu reforço: você, que não conseguiu amamentar, que fez uma tentativa sincera, que se questionou, mas resolveu abandonar a amamentação exclusiva mesmo assim, sinta-se acolhida. Esse texto (e esta pessoa) não está aqui para julgar, quando nem sabe o que está acontecendo aí desse lado da tela.

Lembre: você é a melhor mãe que sua cria poderia ter.

1470188496367753982899
Fonte: site Guia Infantil.

*****

Na próxima postagem, toda a verdade sobre a amamentação das princesas n#1 e n#2. Não perca! 😉
❤ Mamar = mamãe + amar ❤

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s